Baiacu

Ressecado olhar a olhar o escaldante céu

O corpo cru do baiacu inexiste limitado por partes de sua casca-pele

O olho fixo é a unica significação da sua inexistência

A areia rodeia o chocante signo

Do peixe que não mais é peixe

Do peixe que só restou no olhar o nome

Na mente do homem que o não vê.

Anúncios

Autor: Edmar Claudio

Sou um tradutor de sentimentos, um operário das palavras, um amante das artes.

Uma consideração sobre “Baiacu”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s